A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa - CPLP é o foro multilateral privilegiado para o aprofundamento da amizade mútua e da cooperação entre os seus membros. Criada em 17 de Julho de 1996, a CPLP goza de personalidade jurídica e é dotada de autonomia financeira. A Organização tem como objectivos gerais: 
     
    • A concertação político-diplomática entre seus estados membros, nomeadamente para o reforço da sua presença no cenário internacional;
    • A cooperação em todos os domínios, inclusive os da educação, saúde, ciência e tecnologia, defesa, agricultura, administração pública, comunicações, justiça, segurança pública, cultura, desporto e comunicação social;
    • A materialização de projectos de promoção e difusão da língua portuguesa.

    A CPLP é regida pelos seguintes princípios: 
     
    • Igualdade soberana dos Estados membros;
    • Não-ingerência nos assuntos internos de cada estado;
    • Respeito pela sua identidade nacional;
    • Reciprocidade de tratamento;
    • Primado da paz, da democracia, do estado de direito, dos direitos humanos e da justiça social;
    • Respeito pela sua integridade territorial;
    • Promoção do desenvolvimento;
    • Promoção da cooperação mutuamente vantajosa.
       
    No acto de criação da CPLP, foram estabelecidas como órgãos da Comunidade as seguintes instâncias: 
     
    • A Conferência de Chefes de Estado e de Governo
    • O Conselho de Ministros
    • O Comité de Concertação Permanente
    • O Secretariado Executivo

    Posteriormente, os Estatutos revistos na IV Conferência de Chefes de Estado e de Governo (Brasília, 2002) estabeleceram como órgãos adicionais da CPLP: 
     
    • As Reuniões Ministeriais Sectoriais
    • A Reunião dos Pontos Focais da Cooperação

    Em Luanda, o X Conselho de Ministros em 2005 estabeleceu também como órgão adicional: 
     
    • O Instituto Internacional de Língua Portuguesa - IILP.

    ------
    [ 1 ]  [ 2 ]
     
     

     

    Comunicados

     

    Redes