Notícia

24/03/2017
CAE organizou XIII Seminário Político-Estratégico Voltar atrás
CAE organizou XIII Seminário Político-Estratégico
Nota Informativa

O Centro de Análise Estratégica da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CAE/CPLP) realizou no dia 24 de Fevereiro de 2017, a partir das 9h, nas instalações da sua sede em Maputo, capital da República de Moçambique, o XIII Seminário Político-Estratégico intitulado “A CPLP no Apoio à Situações de Vítimas de Catástrofes e Desastres Naturais: O Papel das Forças Armadas”.

 

A sessão de abertura do seminário foi presidida pelo Director do CAE/CPLP, Ten Gen Luis Diogo de Carvalho e contou com a participação dos Delegados e Coordenadores dos Núcleos Nacionais do CAE/CPLP, Diplomatas, Representantes das Forças de Defesa e Segurança, Instituições Académicas Civis e Militares, e Sociedade Civil em geral.

 

O seminário decorreu no formato de 3 painéis, nomeadamente:

 

I Painel

Experiência da República de Angola
Academia de Ciências Policiais (ACIPOL)
Experiencia de Cabo Verde

II Painel

Experiência da República de Portugal
Instituto Superior de Estudos da Defesa
Experiência da Republica de Moçambique

III Painel

Instituto Superior de Relações Internacionais ISRI
Experiencia da República de São Tomé e Príncipe
 

O Seminário decorreu num ambiente de debate e discussão francos e partilha de informação sobre a realidade vivida no âmbito da CPLP e permitiu produzir sugestões e recomendações importantes que poderão contribuir para o estabelecimento de um Mecanismo de Resposta Multilateral à Catástrofes na CPLP.

O Centro de Análise Estratégica da CPLP, abreviadamente designado por CAE/CPLP, é um órgão da componente de Defesa da CPLP, responsável pela pesquisa, estudo e difusão de conhecimentos, no domínio da Estratégia, com interesse para os objectivos da Comunidade.

Publicado a 24/3/2017
Voltar atrás
 
Boletim Electrónico
Subscreva newsletter

Iniciativas

Apoios

 

Acompanhe

 
Este site utiliza cookies, para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização.