Notícia

11/04/2018
Redes de VIH/SIDA, Malária e Tuberculose reforçam cooperação Voltar atrás
Redes de VIH/SIDA, Malária e Tuberculose reforçam cooperação
Nota Informativa

O Ministério da Saúde do Brasil organizou a II Reunião Conjunta das Redes de Investigação e Desenvolvimento em Saúde VIH/SIDA, Malária e Tuberculose, na Fundação Oswaldo Cruz - FIOCRUZ, em Brasília, nos dias 5 e 6 de abril de 2018.


Os Estados membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) enviaram delegações das Redes de Investigação e Desenvolvimento em Saúde da CPLP (RIDES-CPLP) em Infeções de Transmissão Sexual e VIH/SIDA, Malária – Paludismo (RIDES-Malária) e Tuberculose (RIDES-Tuberculose).
 

Na ocasião, foi reafirmada “a vontade política dos Estados-Membros, reiterada pelos Chefes de Estado e de Governo e pelos Ministros da Saúde da CPLP, de priorizar a cooperação na área da Saúde”, refere a Declaração emanada desta reunião, sublinhando “a importância da transversalidade do ODS 3 – garantir o acesso à saúde de qualidade e promover o bem-estar para todas e todos, em todas as idades – para a melhoria da saúde e da qualidade de vida da população global e de cada um de nossos Estados e seu impacto na redução da pobreza”.

 
A sessão de abertura contou com as alocuções da Diretora Adjunta da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), Andrea Watson, do Diretor de cooperação da CPLP, Manuel Clarote Lapão, do Secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde do Brasil, Osnei  Okumoto, da ministra Conselheira da Embaixada de Cabo Verde em Brasília, Maria Almeida Santos, e do coordenador do Programa Nacional cabo-verdiano de Luta contra a Malaria, em representação da Diretora Geral de Saúde de Cabo Verde, António Moreira.

 

Após esta abertura politica, Manuel Clarote Lapão e o Coordenador da RINSP-CPLP e Fiocruz, Felix Rosenberg, intervieram sob o tema “A CPLP e a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e o Plano Estratégico de Cooperação em Saúde”.

 

O tema “As Redes de Investigação e Desenvolvimento em Saúde da CPLP” foi debatido em outro painel, moderado por Alessandra Ambrosio, Ponto Focal de Cooperação do Brasil para a CPLP, contando com as intervenções do Assessor Internacional do Ministério da Saúde do Brasil, Fábio Rocha Frederico, da Coordenadora da RIDES-Malária da CPLP, Pesquisadora titular Fiocruz, Maria de Fátima Ferreira da Cruz, do Coordenador da RIDES VIH-SIDA da CPLP, Departamento HIV-AIDS do Ministério da Saúde do Brasil, Gerson Mendes Pereira, e da Coordenadora da RIDES-TB da CPLP, Coordenadora do Programa Nacional de Controle da Tuberculose do Ministério da Saúde do Brasil /MS, Denise Arakaki.

 

No final dos trabalhos, as RIDES foram considerada um dos “instrumentos privilegiados para que os países de língua portuguesa cooperem para avançar temas prioritários para os Estados-Membros e a promoção da investigação em saúde, com vistas ao desenvolvimento sustentável”, reconhecendo-se a “importância e a imperiosa necessidade de fortalecer as RIDES” e o compromisso de articulação com as demais redes do Plano Estratégico de Cooperação em Saúde da CPLP (PECS-CPLP) 2018-2021, em particular a Rede de Institutos Nacionais de Saúde Pública (RINSP-CPLP).

 

Mais Informação

 

II Reuniao Conjunta RIDES_Declaracao de Brasilia

II Reuniao Conjunta RIDES_AIDS_Ata

II Reuniao Conjunta RIDES_Malaria_Ata

II Reuniao Conjunta RIDES_Tuberculose_Ata

 

Fotografias

 

18.04.Redes CPLP em Saúde VIH/SIDA, Malária e Tuberculose reúniram em Brasília
Publicado a 11/4/2018
Voltar atrás
 
Boletim Electrónico
Subscreva newsletter
Preencher os campos obrigatorios *
Preencher os campos obrigatorios * Preencher os campos obrigatorios *

Iniciativas

Apoios

 

Acompanhe

 
Este site utiliza cookies, para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização.