Notícia

08/08/2018
Presidência pro tempore cabo-verdiana pretende institucionalizar o CONSAN-CPLP Voltar atrás
Presidência pro tempore cabo-verdiana pretende institucionalizar o CONSAN-CPLP
Nota informativa

O Primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, afirmou na sessão de abertura da II Reunião do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CONSAN-CPLP), que o país que detém para o próximo biénio a presidência pro tempore da CPLP pretende institucionalizar este mecanismo de cooperação da Organização.

Durante o anúncio do programa da nova presidência, Ulisses Correia e Silva afirmou inclusive que esta se encontra “consciente de que o importante desafio da eliminação da pobreza (…) está intimamente ligado à Segurança Alimentar e Nutricional” e por isso “a presidência de Cabo Verde irá dar a devida visibilidade e colocar o foco no fortalecimento no CONSAN-CPLP, numa forte parceria com a FAO.”

A II Reunião do CONSAN decorreu a 16 de julho, na qual reafirmou-se a importância da implementação da Estratégia de Segurança Alimentar e Nutricional (ESAN) da CPLP, para a erradicação da fome nos Estados membros.

Cabo Verde assumiu a presidência da Organização na XII Conferência de Chefes de Estado e de Governo, decorrida a 17 e 18 de julho de 2018, na Ilha do Sal, em Santa Maria, sob o lema “As Pessoas. A Cultura. Os Oceanos”.

Publicado a 8/8/2018
Voltar atrás
 
Boletim Electrónico
Subscreva newsletter
Preencher os campos obrigatorios *
Preencher os campos obrigatorios * Preencher os campos obrigatorios *

Iniciativas

Apoios

 

Acompanhe

 
Este site utiliza cookies, para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização.