Notícia

09/03/2019
MOE-CPLP define desdobramento e concretiza encontros na Guiné-Bissau Voltar atrás
MOE-CPLP define desdobramento e concretiza encontros na Guiné-Bissau
Nota Informativa

A Missão de Observação Eleitoral da CPLP às Eleições Legislativas na Guiné-Bissau é constituída por 18 observadores que vão desdobra-se em sete equipas para testemunhar o ato eleitoral do dia 10 de março, nas seguintes regiões: Bissau, Oio, Biombo, Bafatá, Gabú e Cacheu. 

 

Antes do ato eleitoral, a 9 de março, o Chefe da Missão da MOE-CPLP às eleições legislativas na Guiné-Bissau, embaixador Luiz Villarinho Pedroso, procedeu à identificação e visita prévia de algumas assembleias de voto.

 

O Presidente da Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau, Cipriano Cassamá, recebeu o grupo de deputados da Assembleia Parlamentar da CPLP integrados na MOE-CPLP e os observadores designados por alguns Estados-membros, no dia que antecede as legislativas. No encontro, contextualizou a situação política na Guiné-Bissau nos últimos anos e realçou a importância que o mandato de Representante Especial da CPLP em Bissau teve no passado.

 

Acresce que, a MOE-CPLP às Eleições Legislativas na Guiné-Bissau deslocou-se, no dia 8 de março de 2019, ao Centro Cultural para se reunir com os embaixadores dos Estados-membros acreditados neste país, nomeadamente, o embaixador de Angola, Daniel António Rosa, o embaixador do Brasil, Fabio Guimarães Franco, e o embaixador de Portugal, António Alves de Carvalho. No encontro, procedeu-se a uma troca de impressões sobre o ato eleitoral e o desenvolvimento desta MOE-CPLP.

 

No mesmo dia, os observadores da CPLP participaram num evento conjunto com outras organizações com missões de observação na Guiné-Bissau, designadamente, as Embaixadas do Reino Unido e dos Estados Unidos da América, União Africana, Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), Organização Internacional da Francofonia (OIF), e Organização para a Cooperação Islâmica (OIC), na qual foi trocada informação sobre a situação política do país, segurança e o processo eleitoral.

 

A Missão de Observação Eleitoral da CPLP às Eleições Legislativas na Guiné-Bissau é constituída por 18 observadores, na totalidade de designados pelos Estados-Membros da CPLP, funcionários do Secretariado Executivo e, igualmente, observadores nomeados pela Assembleia Parlamentar da CPLP.

 

Mais Informação

 

MOE-CPLP

 

Fotografias

19.03. CPLP envia Missão de Observação às Eleições Legislativas na Guiné-Bissau

Publicado a 9/3/2019
Voltar atrás
 
Boletim Electrónico
Subscreva newsletter
Preencher os campos obrigatorios *
Preencher os campos obrigatorios * Preencher os campos obrigatorios *

Iniciativas

Apoios

 

Acompanhe

 
Este site utiliza cookies, para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização.