Notícia

30/06/2011
Missão do Brasil promove concerto de música sacra no âmbito da celebração dos 15 anos da CPLP Voltar atrás
Missão do Brasil promove concerto de música sacra no âmbito da celebração dos 15 anos da CPLP
Memorando
 
A Missão do Brasil, no âmbito da celebração dos 15 anos da CPLP, promoverá, no dia 8 de Julho de 2011, às 20hs, concerto de música sacra na Basílica da Estrela. O programa será composto por obras de compositores brasileiros e portugueses, e encerrará com uma grande obra escrita em São Paulo na década de 1780 por André da Silva Gomes: missa a dois coros, solistas e orquestra com trompetes e tímpanos. A promoção do evento procurará mostrar faceta pouco conhecida da diversidade cultural brasileira, num ambiente de forte simbolismo para a música clássica brasileira e portuguesa do período.

Como se sabe, a Basílica da Estrela, ou Basílica do Sagrado Coração de Jesus, foi edificada em 1779, durante o reinado de D. Maria I, e é um dos principais monumentos de Lisboa da época. Na Basílica deram-se, em 1816, as exéquias da citada rainha, falecida no Brasil, em paralelo às cerimônias principais no Rio de Janeiro, que constaram do Réquiem do compositor carioca Padre José Maurício Nunes Garcia. Ao lado do altar-mor encontra-se um dos principais órgãos históricos de Lisboa, construído por Machado de Cerveira em 1792, e que será utilizado no referido concerto. A Basílica é um espaço acústica e historicamente ideal para a execução da música feita no naquele período, o que representa oportuna ocasião para mostrar ao público o melhor da produção musical feita no Brasil na mesma época em que esse monumento histórico teve seu apogeu.

O concerto será regido pelo maestro brasileiro Ricardo Bernardes, ora residindo em Lisboa, onde conclui doutoramento em musicologia, com ênfase na música luso-brasileira do século XVIII e XIX. Ricardo Bernardes organizou a edição número 12 da revista "Textos do Brasil", Música Erudita Brasileira, que será lançada na ocasião. Para o concerto, o Maestro Bernardes convidou músicos brasileiros atuantes em Lisboa, além de dois cantores brasileiros residentes em Paris e Zurique. O coro será integrado por 3 sopranos, 2 altos, 2 tenores e 3 baixos. A orquestra, por 3 violinos I, 2 violinos II, 1 violoncelo, 1 fagote, 1 baixo, 2 trompetes, 1 par de tímpanos e 1 órgão.
Publicado a 30/6/2011
Voltar atrás
 
Boletim Electrónico
Subscreva newsletter
Preencher os campos obrigatorios *
Preencher os campos obrigatorios * Preencher os campos obrigatorios *

Iniciativas

Apoios

 

Acompanhe

 
Este site utiliza cookies, para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização.